Logo Sertox

Portal latinoamericano de toxicología

  • Español

Homenaje a Aldo Vicentín (Abrea)

5 julio, 2008
Ana Digón (04/07/09): "Un excelente dirigente: inteligente, sereno y luchador, pero sobre todo un buen amigo, este que se acaba de llevar el asbesto.A partir de la muerte del Dr. Aldo Vicentin, abogado y Director de Abrea, la nota propone una mirada a los riesgos que implica la exposicion al amianto. Quienes lo conocimos pensamos en la divulgacion de esta pagina en su nombre, como un ultimo homenaje". Leer más (en portugués).
Aldo Vicentin, Maís uma vitima do amianto. viomundo,com,br.05/07/08. A Organização Internacional do Trabalho – a OIT, órgão das Nações Unidas –alerta: o amianto, ou asbesto, mata por ano no mundo 100 mil trabalhadores. No Brasil, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 1 milhão de pessoas podem estar em contato direto com a fibra assassina ou do diabo, como é conhecido esse mineral. Ele é cancerígeno. Está banido em 49 países, incluindo Argentina, Chile, Uruguai e União Européia. Aqui, é proibido no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco e mais recentemente São Paulo. No dia 4 de junho, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu por 7 votos a 3 que a lei 12.684, que veda o uso do amianto no Estado, é constitucional.  Em bom português: está proibido no Estado de São Paulo. [ Ver ]  Leer tambiém relacionado: STF confirma proibição do amianto branco em São Paulo (globo.com,04/07/08)